domingo, 12 de março de 2017

As gêmeas viajam: Arraial do Cabo, mais um paraíso Brasil afora


Para finalizar as férias de abril de 2016, passamos alguns dias em Arraial do Cabo. Arraial fica no litoral fluminense, lá para os lados de Búzios e Cabo Frio, distante do Rio cerca de 2 horas e meia.
Fomos de ônibus, saindo da rodoviária do Rio no final da tarde e chegamos bem tarde na cidade. As gêmeas dormiram a viagem inteira no colo. Do outro lado da rua da minúscula rodoviária, alguns táxis esperavam. Pegamos um com a ajuda do motorista do ônibus (sim! super solícito, desceu e carregou toda a nossa bagagem com carrinho e tudo o mais) e em menos de 10 minutos chegamos na pousada.

O centrinho de Arraial não tem nenhum grande atrativo mas apresenta farmácias, supermercados e um ou outro restaurante. Ficamos em um bairro próximo ao centro e a meio caminho de duas das principais praias, a Praia Grande e a Praia dos Anjos, de onde partem os passeios de barco para as outras praias.

Nos três dias que ficamos por lá, pegamos tempo bom e aproveitamos quase todas as praias. Fizemos o passeio do Saveiro Dom Juan (recomendo) e nos esbaldamos no mar cristalino. 

Praia dos Anjos

Praia Grande e seu pôr-do-sol maravilhoso


Só não nos aventuramos muito pelas trilhas à pé. Ligando a Praia dos Anjos à Praia do Forno há uma de cerca de 20 minutos, mas não quisemos nos arriscar com elas no colo. Também não subimos a escadaria das prainhas pelo mesmo motivo. A grande atração são mesmo as praias. Quem quiser mais agito noturno por exemplo pode se hospedar em Búzios, mais caro e mais sofisticado mas já vou dizendo que acho as praias de Arraial mais bonitas. A outra opção é Cabo Frio, que ficaria no meio do caminho entre Búzios e Arraial.

Muito espaço para correr na Praia Grande




Bem, para aproveitar com crianças: 
  • Acho que se hospedar quanto mais perto da praia melhor. A Praia dos Anjos não é a favorita da maioria das pessoas pois tem o porto de onde saem os barcos em um dos pontos. Pegamos praia na outra ponta e não achei nada poluída. De qualquer forma, tem um "centrinho" perto do porto, com várias agências de passeios e restaurantes, além de algumas pousadas. Se estiver de carro, opte pela Prainha.
  • Carrinhos de bebê circulam  normalmente nas ruas e calçadas, com um obstáculo ou outro, mas nada que comprometa o passeio.
  • A água do mar nessa região costuma ser bem fria (Cabo Frio ali do lado, lembra?). Em abril não achamos que estivesse inviável para banho com crianças, mas já ouvi falar que dependendo da época do ano é sofrível.
  • Existem barcos que servem de táxi e levam e buscam nas principais praias.
  • O passeio clássico de barco (três praias) vale à pena. Principalmente, por ser a alternativa viável para visitar a Praia do Farol, uma reserva da Marinha com visitação limitada e controladíssima. A praia é um espetáculo!
Desembarque na Praia do Farol

Alguma dúvida de que se trata de um paraíso?

  • A Praia do Forno tem bastante árvores (amendoeiras) que fazem uma sombra boa.
  • As prainhas são as minhas favoritas, depois da Praia do Farol. Mas dependendo do horário fica bem muvucada de barcos de passeio.


  • Pôr-do-sol na Praia Grande ou no Pontal do Atalaia são imperdíveis.

Um comentário:

  1. Que legal ler teu relato!! Estivemos em Arraial antes de Joaquim e, como tantos outros, este é um destino super bacana para voltar com ele! ;)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...