Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

As Gêmeas Viajam: Porto de Galinhas com bebês

Imagem
Porto de Galinhas ganha ano após ano o título de melhor praia do Brasil em votações populares. Era um destino que estava no meu imaginário desde antes da gravidez. Uma junção de passagens baratas com hospedagem oportuna e facilmente esse se tornou meu primeiro destino de viagem com minhas bebês, que na época tinham três meses.
Decidimos ficar 5 dias no destino, após passar dois dias no Rio de Janeiro. Saindo de Curitiba, onde moramos, geralmente precisamos de uma escala para chegar na maioria dos lugares. O Rio sempre se apresenta como opção natural, uma vez que é minha cidade de nascimento e temos família e amigos por lá.
Achei a época boa: no início de dezembro o clima estava quente com brisa, mais agradável do que o Rio em termos de temperatura. A cidade não estava entupida, mas também não se encontrava às moscas.
Escolhemos um flat para ficar, a uma pequena caminhada da praia e uma pernadinha do centrinho da vila, que percorríamos todos os dias munidas de carrinhos de bebê. 
A lo…

As Gêmeas Viajam: Algumas reflexões sobre viajar com bebês

Imagem
Quase todo mundo que eu conheço de alguma maneira sinalizou, ao saber que eu estava grávida de gêmeas, que obviamente minha "carreira" de turista estaria acabada ou pelo menos ficaria em stand by por um longo período. Claro que dava para perceber, naqueles que me conhecem melhor, uma pontinha de curiosidade sobre como eu daria um jeito de continuar viajando não apenas com um, mas com dois bebês. Confesso que uma das primeiras pesquisas que eu fiz na internet era sobre até qual idade gestacional seria possível viajar e à partir de qual idade seria seguro para um bebê viajar de avião. Saindo do mundo das ideias e conjecturas, passados dois anos, acho que é hora de expor um pouquinho o que eu vivi e como eu senti esse novo tempo de maternidade viajante. Vejam bem, não me interessa de maneira nenhuma escrever manuais sobre o assunto, até porque em termos de internet tem gente com muito mais milhagem acumulada como mãe e turista do que eu. Mas como boa psicóloga, sempre acho que…