Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

curious about: solos bem acompanhados

Imagem
De 08 a 19 de dezembro
No Espaço Dois

São Paulo, meu Japão

(segunda na pós,19h28, professor falando algo que nem sei há 20 minutos. uma pontada de culpa por não prestar atenção, mais em respeito aos meus amigos professores do que ao que acredita que me fala... infelizmente. eu não sou fácil!)

Vi em algum telejornal sobre uma exposição em São Paulo.
Deu uma grande vontade de ir.
Arte urbana. Instalações fantásticas pelo que vi.
Faz tempo que tenho vontade de ir aproveitar a vida cultural da cidade.
Não conheço São Paulo. Sempre só de passagem: indo pro Rio ou voltando, dormindo uma noite a cominho de Santos, um bate e volta ligeirissímo no show da Madonna...
***
Ligo pra Déa porque sei que ela irá pra lá em um dos próximos finais de semana:
me salva? me guia? tenho medo de São Paulo!
Como boa paulista ela retruca:
ah! e do Rio não tem medo... rs
Tive que explicar:
Não é medo assim, da violência, mas de me perder...
***
Sim, morro de medo de ir sozinha pra São Paulo.
São Paulo é minha terra estrangeira, meu Japão.
Minha impressão é de não falar a mesma lingua …

pecar por excesso

Imagem
Estava indo almoçar em um shopping, quando meu amigo chamou atenção para o cartaz de um salão:
PROMOÇÃO
corte, hidratação e escova por 77 reais.
Ele brincou sobre como alguém tinha coragem de chamar isso de promoção.

Neste ponto da narrativa, todos os homens que acompanham o blog, devem estar balançando a cabeça indignados e concordando com meu amigo. Enquanto as mulheres que estão lendo dão um sorriso cumplice e se perguntam em qual shopping está esse salão com uma promoção tão boa.
Sim, para os padrões de um salão de shopping (ou de qualquer salão maior), 77 reais por três serviços é uma SUPER promoção.

Tive que explicar, pro meu amigo, o absurdo que já havia gasto com cabelo em salão este ano. Isso sem ir em um top de linha.

Claro que deixei ele chocado quando falei que o preço médio de um corte em salão grande chegava a 50 reais, a hidratação podendo custar entre 50 e 160 (sei que pode sair até mais caro dependendo do processo, mas daí também até eu me recuso!) e a escova uns 35 reais. T…

sol y luna, no guairinha hj

Imagem
O espetáculo “Sol Y Luna” mostra o fascínio exercido pelo flamenco, que vem das surpresas que ele nos proporciona, das contradições entre, força/suavidade, tristeza/alegria, tradição/modernidade. A beleza e intensidade que tornam impossível ao público sair indiferente desse mundo aonde os bailarinos reinam. Sol y Luna é uma realização do Estudio y Compañía Aire Flamencodestaca, e caracteriza-se em um espetáculo inteiramente acompanhado de música ao vivo. Concepção e direção geral: Cristiane Macedo. Assistente de direção: Bruna Mayara. Direção Musical: Fernando de Marília. Flauta e sax: Fabián Ferraz. Guitarra e cante: Fernando de Marília. Bailaor convidado (Uruguay): Fito De Avila hj, 21horas, com minha irmã dançando

superação de novela

Enquanto eu escrevo ouço a novela das 8.
Hoje escrevo em casa, não tem pós... rs
Não sou muito noveleira, mas gosto de ler sobre as novelas.
Essa deveria falar de superação, aparentemente.
Tem aqueles depoimentos no final, histórias reais, pior do que tudo.
Não gosto, a impressão que eu tenho é de que pra maioria das pessoas não basta mais "viver a vida"; tem que expor também.
Não só na tv. Em cada curso que vou. Muitas vezes as pessoas começam a confundir exemplo com depoimento. Um começa e logo todo mundo segue com suas "experiências" e acham que isso é didático. Você ouve 20 histórias exatamente iguais porque cada um tem a sua. Podiam deixar isso pros blogs... rs. Não tiro o mérito de compartilhar, ou o valor de cada uma dessas histórias reais. Mas histórias em tv exigem dramaturgia. Cade?
Então, a novela me deixa nervosa. Sei que não só a mim.
Me incomoda, principalmente, a idéia equivocada de superação.
Acho a história da modelo tetraplégica boa. Interessante.
O problem…

não adianta correr

Imagem
1 hora e 40 minutos
tudo pra chegar ao centro de curitiba
saí 10h50, cheguei 12h30
antes da hora do rush
não, não estava a pé
nem em outro município
nem tão longe assim pra falar a verdade
mas foi o quanto demorou
dois ônibus
o primeiro quebrado
corre pra pegar outro, algumas quadras de distância
vai lento, mais do que a primeira opção seria
indireto, caminhos tortuosos
vila adentro, vila a fora
terminal, tudo enrolado
porque nada vai direto ao ponto neste instante?
espera...
o ligeirinho chega
vai lento, muito lento ainda
até o centro
descer
na chuva
andar mais quadras
cade a sombrinha? não dá tempo de parar e revirar a bolsa
falta tempo
corro
não adianta correr
a chuva para
o celular vibra: "... vc vai aparecer?..." rs
melhor ligar, não adianta correr
nunca atraso

*****
fim do diafim de tarde, mais especificamentetrabalho feito, encontros cumpridosvoltar pra casadescer de mais um ônibus é a senha pra chuva voltar a cairmais grossa agora, cada vez maiscai com gosto, sem sombrinha na bolsa, já descobripens…

email de corrente

boa...

No processo de seleção da Volkswagen do Brasil, os candidatos deveriam responder a seguinte pergunta:
'Você tem experiência'?
A redação abaixo foi desenvolvida por um dos candidatos.
Ele foi aprovado e seu texto está fazendo sucesso, e ele com certeza será sempre lembrado por sua criatividade, sua poesia, e acima de tudo por sua alma.

REDAÇÃO VENCEDORA
Já fiz cosquinha na minha irmã pra ela parar de chorar.
Já me queimei brincando com vela.
Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto.
Já conversei com o espelho, e até já brinquei de ser bruxo.
Já quis ser astronauta, violonista, mágico, caçador e trapezista.
Já me escondi atrás da cortina e esqueci os pés pra fora.
Já passei trote por telefone.
Já tomei banho de chuva e acabei me viciando.
Já roubei beijo. Já confundi Sentimentos.
Peguei atalho errado e continuo andando pelo desconhecido.
Já raspei o fundo da panela de arroz carreteiro,
Já me cortei fazendo a barba apressado, já chorei ouvindo música no ônibus.
Já tentei esquecer …

necessitando de uma imagem pra descanso

Imagem
pausa sob o céu e o sol de montevidéu onde ocorreram minhas pausas...

pra não dizer que não falei das flores

Imagem
esses dias,


[ok, há quase três semanas já]


sai com uma camisetinha branca que tem flores aplicadas

flores grandes, chamativas até


fez sucesso


todo mundo falou das flores


em todos os lugares em que estive


lembrei de buenos aires


fez um ano que estive lá
na época as flores estavam na modalátodas as mulheres da cidade usavam flores no cabelolembro também de ouvir, antes de ir, de diferentes fontes,que os homens eram lindíssimose as mulheres muito feias e estravagantes, exageradasteoria comprovada no teor maculinoantes de chegar em BsAs, já deu pra perceber o que nos esperavadesenbarcando no aeroporto de montevidéu, meu queixo já começou a cairchegar e andar por Buenos Aires só alimentou o mitoé realmente impressionantehá cada 2 minutos você decide que encontrou o homem mais lindo que já viu,só para mudar de idéia logo depoispassatempo divertidíssimoquanto às mulheres, confesso que com tanta distração disponívelnão chequei a avaliar a veracidade da informação sobre a feiuramas voltei com a impress…

i-ching: 22/10/09

Imagem
há exatamente um mês fiz uma pergunta pro i-ching.


recorro a ele de vez enquando.

aqui ela vai ficar silenciosa.

mas basta saber que foi quando comecei a cogitar a minha ida ao gastro.

a resposta que obtive:




47. OPRESSÃO (A EXAUSTÃO)Lago sobre água: Há situações nas quais de nada serve suplicar ou argumentar. É melhor manter a inocência e a rebeldia.preparação (linha inferior): O momento é difícil, mas não se deve deixar abater. É questão de aguardar com esperança achegada da luz.começo: Quando os tropeços se sucedem, cai-se na exaustão, e nesse estado não se é capaz de ver sequer as coisas positivas que se tem a mão.etapas do desenvolvimento: É absurdo se deixar frear por obstáculos que podem ser superados ou pedir ajuda quando não se necessita.Alguém a quem se quer ajudar não confia. Com suavidade e persistência serão vencidos seus temores.Quando a sensibilidade diante dos problemas alheios é grande, a pessoa se esquece de si mesma. Porém essa conduta acarreta desventura.consequencias: N…

eu, hoje de manhã

Imagem
sensação do dia... huahuahua

domingo, 22 de novembro de 2009

Imagem
horóscopo de hoje:
"o dia de hoje pra você
O ingresso do Sol no seu signo vai recarregar as suas baterias... Você vai estar mais consciente dos seus dons e talentos e menos preocupado com o que o mundo pensa a respeito deles. Quando o Sol ilumina um signo, o mundo compreende melhor porque precisa das qualidades que ele representa...

recado dos astros para os sagitarianos
Está na hora de sair da toca e ir buscar o amor que você deseja. Mas trate-o com delicadeza e romantismo...
céu de hoje para todos os signos
Dia de grandes mudanças no céu. Ainda de madrugada, a Lua entra no signo de Aquário e o Sol começa sua caminhada pelo signo de Sagitário. Durante o próximo mês, ele vai iluminar a área de vida em que colocamos a maior quantidade de expectativas. É sempre através de acontecimentos relacionados com esta casa que encontramos a alegria de viver e a sensação de que a vida vale a pena.
a semana para sagitário
Está começando o tempo de Sagitário. Com o Sol mudando de signo, o céu reforç…

salvação

SALVAÇÃO

Nei Duclós(www.consciencia.org/neiduclos)

Estar a salvo
não é se salvar
Como um navegador
que vai até onde dá
você tem que ser livre
para o que pintar
Nenhuma pessoa é lugar de repouso
juntos chegaremos lá


(Do livro Outubro, IEL/RS-A Nação, 1975)


O estomago está melhor... mas ainda me faz pensar! rs

with a little help from my friends

Imagem
Estou emotiva!
Tpm e final de inferno astral? Acho que não... sempre sou emotiva. rs
Bem, o fato é que na última semana quando penso nos amigos que eu tenho quase choro em agradecimento.
Acontece com frequencia.
A necessidade de escrever sobre isso começou na segunda. Passei uma sms de aniversário pra uma amigona e ela me retorna: "Oi amiga. Felicidade pra mim é ter amigas como você." Eu conheço minha amiga, não é frase pronta, é sincera.
Pra vocês terem um idéia, essa amiga já me emprestou o apartamento inúmeras vezes. Mora na praia. Já se despencou pra uma festa de aniversário minha com marido e presente, embaixo de chuva, mesmo exausta de viagem e de trabalho. Já me levou pra casa da sogra dela pra não me deixar passar um feriado sozinha. E o principal, sempre tem uma palavra, um sorriso, um carinho pra me oferecer.
Lembro de, anos atrás, ouvir alguém falando de um teste que pedia pra pessoa relacionar as pessoas com as quais poderia contar numa emergência, quais você poderia s…

a idade em mim

fui no cinema com minha amiga mais antiga...

não, não somos velhas. de jeito nenhum! hehe

mas a Bia, definitivamente, é o que mais se aproxima de uma amiga de infância (nos conhecemos desde a adolescência, comecinho).

e eu adoro a idéia de ter amigos de infância! invejo todo mundo que tem como padrinho / madrinha de casamento um ser que conheceu no parquinho ou no prézinho... rsrs

fomos ver "os fantasmas de scrooge". em 3d.

mas nem é isso que interessa aqui e agora.

em determinado momento entramos naquela conversa de praça de alimentação... a velha brincadeira de estar ficando velha, de se sentir ranzinza, de se irritar com coisas que antes não faziam nem cócegas.

foi só um comentário. corriqueiro. mas depois me peguei pensando em mim. na idade em mim. na passagem, na mudança.

em homenagem às amizades que duram e que nos veem ficando mais ranzinzas, resolvi fazer esse post relacionando algumas mudanças que percebo com a idade. em mim!



meu paladar mudou! na faculdade almoçava bolo com…

composição solar em homenagem aos apagões

Imagem
Semana passada quase não pude fazer minha endoscopia por causa do apagão. Mesmo Curitiba não tendo sido atingida pelos problemas de energia como outras cidades, parece que no Centro foi meio complicado.
Ontem de noite, enquanto postava aqui no blog, a chuva e o vento levaram minha luz embora.
Em homenagem, juntei algumas imagens do meu último feriado com sol, luz e energia em Itajaí.

ser de sagitário

"Você metade gente
e metade cavalo
Durante o fim do ano
cruza o planetário
Cavalga elegância
Cabeça em pé de guerra mansa
Nas mãos arco e flecha
Meu coração
Aguarda e acompanha
seu itinerário
Até o fim do ano
ser de sagitário"
Adriana Calcanhoto
Estava lá no "vão brotando as idéias" do Robson. Enquanto lia "Esperar pra ser atendido em hospital é uma dureza" , lembrava de uma conversa de cozinha. Nós dois, a excelentíssima Jô e mais um casal de amigos. Lembrei bem aliás. Jô fez um jantar maravilhoso. Alguma carne cozida com agrião. Divina! Falávamos de peculiaridades nas relações e por alguma razão, que envolvia a compra de uma moto, entramos no assunto "personalidade e signo".Jô e o amigo integrante do outro casal: librianos.Eu, Robson e a amiga integrante do outro casal: seres de sagitário.Lendo o post lá no blog: "Sou péssimo em ter raiva. Eu a esqueço com muita facilidade. Se isso é bom ou ruim, não sei."Lembrei da conversa imediatamente. Também…

fill in the blanks

Estava lendo, como faço diariamente, o último texto do blog da Mari-menina do retrato (um kaspar hauser). Minha primeira impressão foi de reconhecê-la no texto. Muito bom. Em "o olho prateado virou a cara" [http://me-nina-me.blogspot.com/2009/11/o-olho-prateado-virou-cara.html] ela não apenas se descreve, mas consegue passar o momento em que se percebe e se reconhece. A captura de um momento, não como fotografia, nem instantaneo, mas em movimento... Muito legal.
Tenho muito a elogiar e admirar na Mari. Ela sabe disso.
Mas como estou no meu momento egoísta, auto centrada que só, não vou escrever o post em cima da minha primeria impressão. Ela sabe disso também. E sei que se não me perdoar, pelo menos me entende. rsrs
Se a primeira impressão foi de vê-la em palavras, a segunda foi de me ver nas palavras dela.
Exercício dos bons esse também. As vezes acho que leio tanto e de tudo um pouco em busca dessas sensações de me reconhecer nas palavras alheias.

Me vi nos excessos, na prolixi…

SOLOS BEM ACOMPANHADOS

Imagem

on time

Imagem

brilho nos olhos... nos meus... nos seus...

Imagem
Como é bom fazer aquilo que se gosta ou


colocado de outra maneira


ser apaixonado pelo que se faz.












Várias situações me fizeram pensar nisso nas últimas semanas.

Desde o comentário do Robson no meu post sobre a pós, até o espanto de uma estagiária de psicologia quando respondi que não gostava do meu trabalho, passando por breves contatos com amigos que fiz na outra pós.

[A pós é bem fraquinha, mas não é culpa da Prefeitura.]

[Recebi as estagiárias e busquei passar o trabalho de maneira realista, mas sem meter o pau no serviço público. Como gosto de conversar e explicar e dar aulinhas, elas confundiram minha empolgação com paixão pela psicologia no serviço público. rsrs. Bem, minha filosofia ainda é a de que ninguém tem culpa por eu não me realizar nesse trabalho, continuar nele faz parte das minhas escolhas. Então se eu fico, não desconto em ninguém... pelo menos não em horário últil.]

[Quanto a outra pós...]

... ah! a outra pós!!
Doces lembranças, ótimos momentos, descobertas incríveis, pessoas…

JOAQUIM NASCEU!

Joaquim nasceu!
Na última sexta. (sim, post atrasado)
Nasceu no mesmo dia de um amigão meu.
Nasceu na primavera.
Claro!
Ismael e Aline só poderiam nos dar ainda mais motivos pra comemorar a primavera.
Nasceu um meninão.
Lá no blog deles diz: 50 cm.
Conto pra minha mãe, mostro foto pra ela.
Tradição em família já: babar por todo bebê que nasce.
Minha mãe fala, pro meu espanto, que 50 cm é um tamanho bom pra um recém nascido. É grande sim, mas não gigantesco como meus olhos e minha falta de noção eterna em relação a tamanhos e proporções julga.
Brinco: onde haverá 50 cm vazios em mim? Mesmo com barriga crescendo, caberia um "Joaquim" aqui?
Minha mãe dá risada. Diz que eu nasci pequena, com 45 cm (AFF! Pensei que tivesse nascido menor...) e que tem bebê que nasce ainda maior que Joaquim, com 56 cm.
Ela sai balançando a cabeça. Com aquela certeza de mãe; certeza de que se olhar bem encontrará bem mais de meio metro de espaço vazio em mim onde caiba mais uma vida.

segunda-feira: dia de pós, dia de blog

faço de conta que faço uma pós toda segunda-feira.
relacionada com meu trabalho - ganha pão.
puramente.
não consigo disfarçar meu desinteresse.
toda segunda virou agora dia de blog.
tem sido útil, essa pós.
rs

all about myself

Imagem
ando em um momento de egoísmo total.
confesso que tenho pensado muito no meu próprio umbigo que, convenhamos, já ficou abandonado algumas vezes.
de um ano pra cá, ando falando mais que ouvindo os amigos. o que é um tanto quanto incomum.
reinvidinco o que quero, grito o que sinto e esperneio. muito!
nem sempre o resultado é positivo.
normal!
tentando ser racional, lógica, temperada, paciente, generosa... nem sempre o resultado foi positivo também.

nesse giro em torno do meu próprio mundo, sinto que os escritos também mudaram.
nunca tive problemas de expor minhas opiniões... a respeito das coisas.
curiosidade voltada pra fora.
parei de escrever por um tempo... não apenas aqui.
agora que voltei, me vejo em outro rumo.
não consigo no momento ter interesse em escrever sobre os filmes que tenho visto, livros que tenho lido.
meu apagão de hoje parece mais urgente que o apagão da luz de ontem...
virei meu principal assunto e até eu me assusto com isso.
tem alguns blogs que acompanho em as pessoas que escrev…

revelando minha "beleza interior"

fui fazer minha endoscopia hoje.

é a segunda que faço.

como diz uma amiga: "não tenha medo, será o melhor soninho da sua vida".

é mesmo. na verdade, você não dorme. apaga!

sem sonhos, sem tensão. faria uma por semana... super entendo quem fica dependente de drogas, afff

bem, lá fui eu.

considerando minha sucetibilidade apaguei antes da anestesista mandar começar a contar.

antes: remédinho, pegar o acesso na veia, perguntinhas, anestésico pra garganta (adoro também! o gosto é horrível, mas a sensação é engraçadinha...), deita de lado, coloca aparelho na boca, injeta a medicação e... pufff.

depois: a primeira consciência, alguém falando que o exame já acabou que é só vir andando agora. penso: "por que tão rápido?", embora não tivesse a mínima idéia do tempo. nem a mínima idéia de estar andando. penso em abrir os olhos. não abro. mas já dá pra perceber que não estou mais deitada. ok, cedo e abro um olho só. estou recostada numa daquelas poltronas maravilhosas, confortáveis. n…
Imagem
do site do cinema em cena: www.cinemaemcena.com.br

nado em superfície, mergulho em profundidade

Imagem
Esse texto passou por longa gestação.
Na verdade, já julgava ele pronto no primeiro esboço... mas nunca publicava, nem o completava além da minha imaginação.
Com isso as razões e desrazões mudaram algumas vezes.
Mas a base continua a mesma... essencialmente.


*****
Ele deveria nascer, primeiramente, após uma conversa com um amigo que questionou: Por que você escreve sobre essas coisas?
Explico: ele se indignou porque escrevi sobre maquiagem ou algo assim.
Meu amigo achava, nas palavras dele, vejam bem: desperdício de talento. (huahuahua) Queria que eu escrevesse sobre GRANDES COISAS.
Entre risadas perguntei: que grandes coisas seriam essas? [e pensei comigo mesma, sem elaboração nenhuma, quase livre associação: quem disse que quero talento para grandes coisas?]
Segundo ele, eu deveria escrever sobre psicologia. Aproveitar minha experiência de trabalho e formação para escrever coisas úteis.
Não sabia se surtava ou se gargalhava. Tudo que eu não queria quando inventei de brincar de blog era falar…

pequenas revoluções no meu mundinho

Imagem
Hoje cheguei em casa e, enquanto via meus emails, minha irmã mais nova veio especular se eu ia sair. Logo descobri que a razão de tanto interesse era o fato de não haver ninguém pra cozinhar em casa. Como minha mãe, de férias, está até agora na casa de uma das primas, alguém ia precisar assumir a função. E lá fui eu pro super, comprar algumas coisinhas depois de decidir fazer um macarrão com molho branco, frango em cubos, calabresa e bacon.
No açougue, pedi peito de frango sem pele, o rapaz falou que tinha sem osso também. Lembrei que gosto de desossar frango e desisti de levar sem pele... ele não entendeu nada porque desisti da praticidade.

***

Bem, quem me conhece também não deve ter entendido nada e inclusive achado esse texto mais surreal do que o anterior. Mas nada disso é fruto da minha imaginação. E ainda continua a mesma pessoa que escreveu o post da carne moída (clique aqui pra ver a história completa).
Aprendi a cozinhar.
De verdade. rsrsrs
Após algumas muitas aulas de culinária, …

itajaí, sc, nov 09

Imagem

itajaí, sc, set 09

Imagem