Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2008

curious about: CENÁRIOS E PERFORMANCES NO MUNDO DOS FIGURINOS

Imagem
Eu adoro moda mas nunca fui de acompanhar as semanas de desfiles por aí a fora... Sempre me pareceu muita referência junta para ser assimilada, uma overdose. Até costumo dar um tempo dos sites e blogs especializados nestes períodos. Mas me chamou atenção, dentro da matéria sobre as tendências das passarelas brasieiras (Rio e São Paulo) para o verão 2009 da Revista Elle de julho, uma página com algumas imagens "top" dos desfiles. Tive que parar para ver e resolvi selecionar algumas das apresentadas e outras por mim escolhidas. O critério nem foi o de privilegiar os melhores looks, mas as ambientações, o palco armado para alguns desfiles. Têm coisas fantásticas! As montagens foram feitas com fotos obtidas no site Chic e no blog da marca Cavalera.


Ronaldo Fraga: bacias de sal


Lino Vilaventura: cênico
Ellus: modelos submersasMaria Bonita: mosaicos de areiaSamuel Cirnansck: França do século XVIII como inspiraçãoCavalera: modelos levitando


Rosa Chá: hum... sem comentários!!!Bem, o da …

curious about: JOU JOU BALANGANDAN'S

Imagem
Há alguns meses eu ando em peregrinação pela cidade a procura de uma bolsa preta. Bem, se você é homem ou alguém com senso prático, deve estar se perguntando: como assim? Comprar uma bolsa, ainda mais preta, não seria a coisa mais fácil do mundo? Não sobrariam opções? Well, se você me conhece minimamente, deve lembrar que tenho dificuldades com coisas básicas. Preto definitivamente não é minha cor favorita. Neste caso em específico o que me incomodava é que todas as bolsas pretas de repente pareciam ter virado de verniz, vinil ou seja lá como esse ar plastificado se chama. Não que eu não goste do efeito, mas já cansei de ver todo mundo usando a mesma bolsa... Quando já estava quase desistindo eis que encontro uma bolsa perfeita! Fofa de morrer!!!

UP: A bolsa PERFEITA, fofa de morrer! (a que eu vi tinha os detalhes em preto...)Enquanto fazia as inspeções de praxe, imaginava o preço, afinal estava na Imaginarium que não é uma loja muita barata né? Quando perguntei o preço, no entanto, toda…

curious about: HITCHCOCK BLONDE NO TEATRO PARA O POVO

Imagem
neste domingo tem teatro para o povo na programação do teatro guaíra. entre as peças que estarão em cartaz está HITCHCOCK BLONDE da cia virgor mórtis, dirigida por paulo biscaia.
o espetáculo, que estreiou no último festival de teatro de curitiba, voltou em cartaz no teatro josé maria santos no dia 4 de julho, onde segue temporada até 17 de agosto. com texto do inglês Terry Johnson, apresentado pela primeira vez no Brasil, a peça alterna a ação entre 1999 e 1959, tratando da obsessão de um cineasta por atrizes com cabelos platinados, de desejo, perversão e ambição. a sinopse no site da cia detalha: "Em 99, o professor de cinema Alex(Edson Bueno) e a aluna Nicola (Rafaella Marques) viajam até a Grécia para desvendar o mistério de uma lata de película que pode conter uma obra perdida da filmografia de Hitchcock. Em 59, durante as filmagens de Psicose, uma aspirante a atriz de cabelos blonde(Michelle Pucci) e dublê de corpo de Janet Leigh leva Alfred Hitchcock para dentro de uma trama d…

curious about: BICHO DE SETE CABEÇAS

Composição: Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Renato Rocha

Não dá pé
Não tem pé, nem cabeça
Não tem ninguém que mereça
Não tem coração que esqueça
Não tem jeito mesmo
Não tem dó no peito
Não tem nem talvez ter feito
O que você me fez desapareça
Cresça e desapareça...
Não tem dó no peito
Não tem jeito
Não tem ninguém que mereça
Não tem coração que esqueça
Não tem pé, não tem cabeça
Não dá pé, não é direito
Não foi nada
Eu não fiz nada disso
E você fez
Um Bicho de Sete Cabeças...
Não dá pé
Não tem pé, nem cabeça
Não tem ninguém que mereça (Não tem ninguém que mereça)
Não tem coração que esqueça (Não tem pé, não tem cabeça)
Não tem jeito mesmo
Não tem dó no peito (Não dá pé, não é direito)
Não tem nem talvez ter feito (Não foi nada, eu não fiz nada disso)
O que você me fez desapareça (E você fez um)
Cresça e desapareça... (Bicho de Sete Cabeças)

By Zeca Baleiro e Tuco Marcondes, Circuito Cultural Banco do Brasil, Curitiba, 23 de julho, Embratel Convention Center.

curious about: SHOW DO ZECA BALEIRO

Imagem
Zeca Baleiro no show intimista oferecido pelo Centro Cultural Banco do Brasil
Ir neste show para mim era quase uma questão de honra. Quando o Zeca Baleiro veio para Curitiba no ano passado eu perdi porque os ingressos esgotaram numa velocidade impressionante. Então me obriguei a correr pra fila logo que soube que as vendas começaram. Deu resultado e ontem pude conferir um show MARAVILHOSO, afiado, sem excessos, deixando gostinho de quero mais...
Show ocorrido em Curitiba, 23 de julho de 2008

Começando com uns vinte minutos quase trinta de atraso, o cantor foi direto ao ponto, sem firulas, e sozinho no palco já tascou "Bandeira". Linda!!!


"Se é assim
acho que vim pra te ver"

Chamou seu parceiro de palco, o violonista Tuco Marcondes, e já seguiu com "Quase Nada".

"Qual a parte da sua estrada

No meu caminho

Será um atalho

Ou um desvio"



"Não se move uma montanha Por um pálido pedido De alguém que não se ama Todo ouro está contigo Para isso há muita chama

curious about: VISITANDO TARSILA, REVENDO SEGAL E LEVANDO JAPONESES DE BRINDE

Imagem
Tarsila do Amaral: icônica


Voltei esses dias ao Museu Oscar Niemeyer para ver a exposição "Percurso Afetivo: Tarsila".

Estou achando ótimo que a lacuna entre uma ida e outra ao museu tenha diminuído. Se para algumas pessoas bolo de fubá tem gosto de infância, para mim idas ao museu traz melhores lembranças (Ok, confesso que minha mãe sempre foi melhor incentivadora cultural do que cozinheira... rs).


Bem, voltando à Tarsila. A gente já começa o tal percurso afeitvo com inveja da dita. A exposição foi organizada em cima do seu diário de viagem... e haja viagens!!! Os estandes de apresentação da exposição já pontuam alguns desses percursos realizados pela artista. Invejando Tarsila!! rsrs


Uma frustração: o Abapuru não veio. Só um esboço estava presente.


Mas "A Negra" e "Antropofagia" estavam lá. Para mim, impressionam sim. Mesmo sem muitas informações prévias e sem lembrar de tudo que foi dito nas aulas de história da arte, você percebe facilmente os elementos de …
Imagem

curious about: O QUE A GENTE NÃO FAZ POR UMA BOA MÚSICA...

Gente, mofei hoje na fila para comprar ingressos pro show do Zeca Baleiro. A bilheteria abriu às 10 horas da manhã e 11h, quando eu cheguei, tinha umas 60 pessoas na minha frente. O problema é que não andava por falta de organização. Só consegui sair de lá 13h da tarde, sem almoço e atrasada para o trabalho, mas levando meus preciosos ingressos. Pelo que me falaram, só havia mais uns 7 ingressos disponíveis depois dos meus... Foi duro, mas valeu a pena! Não ia conseguir aceitar perder o show de novo... rs Agora é esperar e curtir na quarta-feira.

parabéns: JOSÉ AGUIAR

Imagem
Post especial parabenizando o José que ganhou o trofeu HQMIX na categoria de melhor site de autor:

http://www.joseaguiar.com.br/

blog do José: http://joseaguiar.com.br/blog/.

curious about: EDITORIAL DO SPFW

Imagem
O site SPFW (São Paulo Fashion Week) fez um editorial de moda muito legal: o artista Rodrigo Yokota representou 10 looks selecionados dos desfiles da última temporada da Fashion Week em forma de mangás.
Se interessou? Dá uma olhada no link: http://www.spfw.com.br/ensaios.php?c=55.
Tem Amapô, Ronaldo Fraga, Osklen, Lino Villaventura, Herchcovitch, entre outros.

curious about: OS ÚLTIMOS LÍRIOS NO ESTOJO DE SEDA

Vendo as fotos do post abaixo, me lembrei de um texto da Marina Colassanti que dá nome ao seu livro de crônicas: Os últimos lírios no estojo de seda. Ganhei o livro o meu pai de presente de aniversário depois de tanto falar nele, já que gosto muito da escritora e adoro crônicas. Embora as crônicas nem sempre tenham a força dos seus contos, algumas possuem um resultado bastante emocional e metafórico, transitando a meio caminho entre uma e outro. Reproduzo aqui: "Quando Jung Chang, escritora e historiadora que acaba de publicar uma impressionante biografia de Mao, esteve no Rio para o lançamento do seu livro Cisnes Selvagens, começou a palestra na Casa Laura Alvim por um gesto: da pasta preta tirou um sapatinho de seda bordado que havia sido da sua avó, e a braçadeira que ela mesma havia usado como guarda vermelha da Revolução Cutural. O sapatinho tinha pouco mais de dez centímetros. Provavelmente, ela não sabia que, na China, o fotógrafo Li Nam já havia começado a fazer o registro d…

ui, que nervo: MAIS SAPATOS E UM PÉ SURREAL

Imagem
Meses atrás eu coloquei aqui um post sobre a moda dos sapatos surrealistas... Pois é, acabo de receber um e-mail da Lili com as seguintes fotos:







Nervoso puro!!!